Páginas

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sérgio Mamberti pede que a comunicação seja regulamentada: regula, Dilma !

Victor Zacharias

Rosane Bertotti - Secretária do FNDC
No dia 15 de junho, um dia antes do início do FMML - Fórum Mundial da Midía Livre que foi realizado durante a Rio + 20, o FNDC - Fórum Nacional pela Democracia na Comunicação coordenou um encontro dos representantes e militantes da luta pela democracia na mídia para debater e anunciar a preparação de uma campanha pela Liberdade de Expressão no Brasil que será lançada no final do próximo mês de agosto.

O encontro começou sob o slogan da campanha militante: "Regula, Dilma" e nele foi reafirmado a necessidade do país promover uma ampla discussão sobre as comunicações e aprovar no Congresso o Marco Regulatório da Comunicação.

O evento foi encerrado com a fala do Secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (MinC), Sérgio Mamberti, que ressaltou que é preciso lembrar de todo processo que os brasileiros tiveram na luta para reconstruir a sociedade democrática no Brasil, durante o qual aprendeu-se muita coisa, uma delas foi a de que é através da mobilização popular, da participação efetiva que se consegue as mudanças.

Nesse território da comunicação, disse Mamberti, ainda temos esta lacuna, este espaço monopolizado, que quando é tocado pelos princípios democráticos gera uma grande polêmica, foi o que aconteceu durante o PNDH 3 - Plano Nacional de Direitos Humanos, projeto construído por Paulo Vanucci, aconteceu também nas questões de comunicação colocadas pelo Franklin Martins. É sabido que num governo de coalizão este tema enfrenta grandes obstáculos do conservadores, um deles foi o que tivemos com o Ministro da Comunicação, o Helio Costa. Acredito que hoje, depois de todos os debates, principalmente depois da Confecom, podemos entender que há um processo de amadurecimento de todos os atores envolvidos, por isso todos estão cientes das medidas que tem que ser tomadas para regulamentar o setor de comunicação.


Sérgio Mamberti do MinC e Rita Freire da Ciranda
O Regula, Dilma, disse Mamberti, é a voz de todos que querem um Brasil democrático, sem qualquer forma de discriminação. Ninguém quer criar processos restritivos para a informação, pois não se pode mais conviver com esta censura estabelecida propositalmente. O Ministério da Cultura é regularmente censurado. Nós fizemos no ano passado uma exposição, a maior que o Brasil já fez da cultura brasileira no exterior, poucas pessoas tomaram conhecimento. Jornais com o Estado de São Paulo não deram nem nota, se negaram a comparecer a qualquer tipo de reunião onde a gente estava divulgado este processo. No Galpão Cidadania também não tivemos espaço na imprensa e o que está acontecendo neste projeto é extremamente importante. Este tipo de espaço na comunicação para o debate livre está absolutamente esquecido. Os grandes avanços da cultura não são divulgados.

O Ministério da Cultura tem uma ligação forte com a Secretaria da Comunicação no Comunique a diversidade e completou Mamberti, "se queremos ter um Brasil democrático a comunicação é essencial e quero dizer que estamos juntos nesta luta pela liberdade de expressão para que os espaços democráticos do Brasil possam estar realmente consolidados: Regula, Dilma !"

Nenhum comentário:

Postar um comentário